Chico Buarque: referência obrigatória da música brasileira

Chico Buarque adentra o mundo da dramaturgia não somente com a composição de músicas que embalaram novelas e séries da televisão brasileira. Ele escreveu peças de teatro, dirigiu filmes e é autor de livros de romances, premiado inúmeras vezes.

Sua discografia conta com aproximadamente oitenta discos, entre eles discos-solo, em parceria com outros músicos e compactos.  Em 1965 conheceu Caetano Veloso e Gilberto Gil, personalidades do movimento tropicalista. No ano seguinte, venceu o II Festival de Música Popular Brasileira.

Além disso, Chico participou de movimentos contra a ditadura militar e sofreu diversos tipos de censura durante o regime. O cantor chegou a abandonar os palcos por um longo período.

Em reconhecimento por ser um dos maiores nomes da música popular brasileira (MPB), foi homenageado pela escola de samba Estação Primeira de mangueira no ano de 1998, que tirou o primeiro lugar no carnaval carioca com a homenagem a Chico.

A revista Bula traz uma matéria composta por dez de suas músicas. Na página, você pode ouví-las e acompanhar os comentários sobre cada uma, feitos por um autor que caracteriza o artista como “genial”: https://www.revistabula.com/2762-chico-buarque-70-anos-10-cancoes-fundamentais-de-um-genio-da-musica/

Fotografia de Marina Ling Wang

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s